gif;base64,R0lGODlhAQABAAAAACH5BAEKAAEALAAAAAABAAEAAAICTAEAOw==

Participei como facilitadora neste projeto incrível.

Ter trabalhado com o CNJ – Conselho Nacional da Juventude foi uma experiência brilhante e a eles o meu muito obrigada.

Este foi o projeto:

No sentido das preocupações relativas à participação juvenil para uma cidadania ativa, o Conselho Nacional de Juventude (CNJ), encontra-se a desenvolver uma campanha nacional que visa colmatar algumas falhas neste sentido bem como sensibilizar e motivar os/as jovens para as eleições europeias que se seguem, promovendo a força do seu voto e da importância de fazer sentir as suas vozes sobre uma Europa que também é nossa.

Um estudo recente solicitado pela Presidência Portuguesa demonstrou o que organizações juvenis e outros intervenientes reconhecem há já algum tempo, no entanto, este estudo permitiu abrir um debate público, mais abrangente, à preocupação partilhada por alguns/mas intervenientes que trabalham diretamente com a juventude. O estudo revelou a ausência de participação e interesse do público jovem na política e na participação nos processos de democracia representativa. O CNJ participou no debate que se seguiu, à publicação dos resultados do estudo ”Juventude e Política”, e tomou a dianteira num processo de trazer esta discussão a um público maior promovendo o envolvimento de jovens nos seus processos democráticos.

Tendo em consideração os compromissos do CNJ, de aumentar a participação e envolvimento da juventude portuguesa nas políticas locais, regionais, nacionais e europeias; e com a confirmação por parte do Euro barómetro das tendências que mostram ausência de motivação e interesse por questões europeias em debate e a previsão de que a participação do nosso país nas próximas eleições europeias será ainda mais baixa que em 2004, acredita-se que este momento é crucial para se iniciar uma campanha de incentivo ao voto e à participação juvenil em todo o território nacional.

Segundo o Euro barómetro, apenas 14% dos/as cidadãos/ãs portugueses/as demonstraram intenção de votar nas próximas eleições europeias e 18% da população sabia que iria haver eleições este ano.

Considerando a situação actual baseada em estudos recentes, o CNJ decidiu, juntamente com os seus parceiros, desenvolver uma Campanha Nacional com a finalidade de encorajar a participação activa de jovens no debate europeu e nas eleições de 2009 para o Parlamento Europeu.

Conferência Nacional | Universidade de Aveiro nos dias 15,16 e 17 de Maio

A Conferência Nacional de Juventude tem como objetivo aprofundar o debate sobre a participação da juventude na Europa, e aprofundar o nosso conhecimento em relação às temáticas atualmente em debate, as quais irão influenciar os próximas anos da União Europeia e consequentemente a vida de todos os seus cidadãos.

Durante estes dois dias de trabalho contamos com a presença de cerca de 100 participantes provenientes de todo o país. Onde para além dos espaços de debate com candidatos e Eurodeputados teremos também ateliês temáticos, orientados pelo grupo de formadores do CNJ sobre as diferentes questões europeias actuais.

Desta forma, espera-se fazer sentir os/as participantes mais próximos da realidade da União Europeia e das suas estruturas (e em particular do Parlamento Europeu), contribuindo assim para que cada vez mais os jovens assumam um papel preponderante nas escolhas que afectam a sua vida e a de milhões de Cidadãos Europeus.

Objetivos da Conferência Nacional

Objetivos Gerais:
# Promover uma cidadania ativa da juventude, e em particular, a sua cidadania europeia.

Objetivos Específicos:
# Relevar a importância da juventude estar envolvida no debate e ser conhecedora das questões europeias atuais;
# Contribuir para reduzir o fosso existente entre jovens cidadãos/ãs e a União Europeia e suas instituições;
# Contribuir para demonstrar a importância da opinião dos jovens na Europa de hoje;
# Aumentar o interesse dos jovens em assuntos europeus e dar a conhecer as vantagens e a importância do seu contributo na construção da União Europeia;
# Consciencializar os/as jovens enquanto parte integrante da União Europeia e como é que as instituições constituintes afetam os/as portugueses/as e Portugal.
# Consciencializar a importância do seu voto nas próximas eleições para o parlamento Europeu;
# Dar a conhecer as diferentes opções de escolha nas próximas eleições e permitir o seu debate.

| HR Consultant, Coaching, Copywriting, Mentoring and Training Anabela Moreira

Viajou por muitos países, conheceu muitas pessoas e muitos lugares. Aprendeu com todas as pessoas que observou e com quem conversou. Trabalhou em Portugal, na Bélgica, nos EUA e em Angola. Hoje desenvolve o seu trabalho na área da gestão de pessoas (recursos humanos), formação, coaching e mentoring. E escrita, adora escrever. Assumiu diferentes funções e colaborou com empresas em diferentes estados de maturação, quer em ambiente nacional, quer internacional. Desempenhou funções relacionadas com: gestão do talento e tarefas inerentes; gestão de recursos humanos em sentido lato e formação e desenvolvimento. A nível académico, estudou direito na Universidade de Coimbra, mas foi em Psicologia e no Porto que encontrou a sua verdadeira vocação. É certificada em Coaching, PNL e estuda todos os dias mais um pouco, vê mais um pouco, ouve mais um pouco para poder ser mais cultivada. Hoje gere a UpTogether Consulting e trabalha com pessoas, para pessoas. Faz programas de shaping leaders e reshaping leaders e gosta muito do que faz. Costuma dizer às crianças que forma enquanto voluntária em educação para os direitos humanos: “quando mais soubermos, quanto mais conhecemos e sentimos, menos somos enganados”. Enfrenta cada dia com uma enorme alegria que é simples de ver e sentir!